Corey Taylor elege ‘álbum perfeito de heavy metal’ do Metallica

Corey Taylor, vocalista do Slipknot, demonstrou toda admiração pelo Metallica em recente entrevista. O cantor é um dos 53 convidados para participar do The Blacklist, relançamento especial de The Black Album em comemoração aos 30 anos do quinto álbum da banda.

Na visão de Taylor, o impacto de gigantes do thrash metal como Metallica, Megadeth, Slayer e Anthrax foram definitivos para a geração dos anos 1980. “Esse foi o gatilho sonoro para toda uma nova geração de malucos, porque essas bandas atraíam tantos tipos diferentes – não quero dizer ‘panelinhas’, mas atraíam tantos públicos diferentes. Os garotos punk os adoravam, os garotos do metal os idolatravam”, comentou ao Knotfest (via Blabbermouth). “Mas até mesmo alternativos gostaram, porque havia muita ferocidade nele e havia algo que era apenas diferente”.

+ The Beatles anuncia nova edição especial de ‘Let It Be’

Ao relembrar a época de ascensão dessas bandas e do gênero musical, o cantor pontuou que esse período foi “ uma explosão crescente de atitude, música rápida” e de rebeldia. “Sabíamos que, assim que nossos pais ouviam, eles odiavam, o que nos fez amar ainda mais. Nada é melhor do que ouvir algo que apavora adultos”, disse.

Entre os discos mais marcantes, Corey Taylor elegeu Master Of Puppets (1986), terceiro álbum do Metallica, como “o álbum perfeito de heavy metal”. O defeito? “A única parte ruim é que é muito curto. Antes que você perceba, acabou, e você pensa, ‘Espere um minuto’ e precisa começar tudo de novo. Então é uma loucura. É um álbum muito, muito bonito”, elogiou.

Fonte: Wikimetal