Caneta Azul | Meme viraliza, é registrado em cartório e vira remix do Alok

Caneta azuuuuul, azul canetaaaa…

Um hit com esses benditos dizeres se tornou viral nos últimos dias e se você não leu cantando, certamente está imune a tudo o que rola na internet. Pra quem não sabe, um vídeo do cara cantando a música Caneta Azul foi divulgado há cerca de 10 dias no YouTube e alcançou até agora quase 5 milhões de visualizações e mais de 114 mil seguidores no Instagram pessoal. Com composição do próprio cantor, o maranhense Manoel Gomes, a canção narra a saga de um aluno que perdeu a famigerada caneta azul e quer encontrá-la de novo. Confira o vídeo original:

Sabe-se lá qual foi o buzz pra isso ter sido viral tão rápido, mas a galera não deixa passar nada, né? Desde então, o hit virou um dos assuntos mais comentados pelas redes sociais, perpassando por famosos cantando a canção até parente encaminhando versões alternativas pelo WhatsApp. Pois é, a galera da internet e da TV comprou a ideia e vai falar disso até saturar. O mais surpreendente é que chegou nas mãos do Alok, conhecido pelas releituras ousadas de grandes clássicos, e fez um remix divertidíssimo.

+ Clube da Luta | Edward Norton revela segredo inusitado de Brad Pitt

Entusiasta do seu próprio trabalho, Manoel aproveitou o auge e foi ao cartório da cidade onde mora no Maranhão, Balsas para registrar os direitos autorais desse hino. De acordo com o site O Povo, ele foi junto do advogado e também registrou outra composição autoral, que não ainda chegou aos braços de toda a internet, chamada Vou Deixar de Ser Besta (realmente, besta ele não é). | PS: foi confirmada a informação se ele assinou esses processos com caneta azul (mas vamos torcer para que ele a tenha encontrado).

Fonte: TMDQA | Foto: Divulgação