Black Pantera escancara o racismo na nova ‘I Can’t Breathe’

Uma das bandas mais interessantes do Punk nacional atualmente, o Black Pantera lançou um single pra lá de importante. O grupo, que não só é composto por homens pretos como também leva a mensagem da comunidade em seu trabalho, divulgou “I Can’t Breathe”, que veio acompanhada de um vídeo forte. A música é um hino de indignação pela morte de George Floyd, homem preto que foi assassinado por um policial branco nos Estados Unidos.

A ideia da canção partiu do baixista Chaene da Gama, que viu o triste vídeo da tortura que Floyd, um homem inocente, sofreu. O músico explica: “Tudo isso veio do impacto do vídeo, assim como de outras coisas que vêm acontecendo não só nos EUA mas como no mundo inteiro. Aqui no Brasil, inclusive, não é muito diferente.”

+ Alex Lifeson está desanimado de tocar guitarra após morte de Neil Peart

O Black Pantera, mesmo em regime de quarentena, continua trabalhando em seu novo disco de estúdio. “I Can’t Breathe” foi criada dessa forma, e conta ainda com a produção de Ricardo Barbosa. Já o clipe, com direção de Leonardo Ramalho (Pajé Filmes), mostra o vocalista Charles Gama sendo enforcado por uma única mão branca. “Isso representa que, mesmo sendo minoria frente a negros e pardos na população mundial, os racistas brancos ainda conseguem impor sua violência,” diz o comunicado de imprensa.

Fonte: TMDQA!