Beto Scopel lança releitura de clássico de Nelson Cavaquinho

O músico e produtor Roberto Scopel em seu projeto de internet “Beto e Suas Máquinas” fez uma versão da musica Juízo Final do Nelson Cavaquinho. Originalmente um samba a música, segundo o Beto, traduz uma “dor existencial” característico do Nelson e de certa forma das nossas vidas, mas que também traz uma positividade quando a canção diz “A luz há de chegar aos corações/O mal será queimada a semente/O amor será eterno novamente”

“Pra mim essa música traduz muito essa nossa luta de Luz e Sombra diária nessa loucura de pandemia e crises mundiais”. Disse Scopel.

Numa releitura com influencias do Trip Hop numa pegada Portishead, mas também com estética LO-FI (fita cassete) a versão conta com a maravilhosa voz de Etiene Nadine que conduz a canção numa pegada blues e com Leozão Reis na bateria numa balada “fuck music” ou “música pra namorar pelado” segundo o próprio. Ouça a versão de Juízo Final na
programação da UCSfm.

Fer Machado

Diretor Artístico Rádio UCSfm