Após polêmicas, Roger Waters volta ao Brasil (mas nos cinemas)

Durante a última vinda ao Brasil, em outubro de 2018, Roger Waters fez uma série de críticas no palco. O ato político, que foi alvo de aplausos e vaias, marcou a passagem do músico por aqui, e ele está de volta nesta semana ao país, porém nas telas, no longa que leva o nome da turnê: Roger Waters: Us + Them. O filme que vai ser exibido em cinemas paulistas, nos dias 2 e 6 de outubro, foi gravado em Amsterdã. Quem dirige o longa é o norte-americano Sean Evans. Nesta turnê no Brasil, em 2018, o ex-integrante do Pink Floyd tocou em sete cidades. Chegou a receber uma notificação judicial antes do show em Curitiba.

+ Amazon Prime Video terá conteúdos exclusivos da Disney

Posicionamento político, no entanto, é algo comum nas apresentações de Roger Waters também no exterior. O cantor e baixista britânico criticou até mesmo o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Mas os protestos políticos são apenas um detalhe nas performances de Waters, cujo repertório é centrado em temas do Pink Floyd. Ele costuma tocar clássicos da extinta banda como Money e Comfortably Numb. Ele também inclui canções de seu disco solo mais recente, Is This the Life We Really Want?, lançado em 2017.

Fonte: Destak | Foto: Divulgação