Anne Douglas, viúva de Kirk Douglas, morre aos 102 anos

A viúva da lenda de Hollywood Kirk Douglas, Anne, morreu nesta quinta-feira (29) em Beverly Hills, dias após o 102º aniversário, anunciou a família. Falecido em fevereiro de 2020 aos 103 anos, Kirk Douglas conheceu Anne em 1953 em Paris, durante as filmagens do filme “Mais forte que a morte”. O casal teve dois filhos —Peter e Eric — e formou uma família com dois outros filhos — Michael e Joel — que Kirk teve de uma união anterior com Diana Dill.

+ Kings Of Convinience lança nova música após 12 anos; ouça

Nascida Hannelore Marx no dia 23 de abril de 1919, em Hannover, Anne foi enviada para um internato suíço e não queria voltar para a Alemanha de Hitler, continuando os estudos na Bélgica, até que os nazistas bombardearam Bruxelas em 1940. Anne então fugiu para a França com alguns amigos. No país, que também foi rapidamente ocupado por tropas alemãs, Anne trabalhou para uma distribuidora de filmes francesa. Depois da guerra, continuou na França, trabalhando para o canal americano NBC e, depois, para John Huston na produção de “Moulin Rouge” (1952), antes de conhecer Kirk Douglas e se casar com o ator em 1954.

+ Almanaque da Música UCSfm | 30 de abril

Ao longo de 102 anos de vida, Anne Douglas investiu muito em obras artísticas e atividades filantrópicas. Em particular, ela convenceu o marido a leiloar uma grande parte da coleção de arte para financiar a renovação de 400 pátios de escolas de Los Angeles no final dos anos 1990. Foi a esposa que, conforme disse o próprio Kirk Douglas, salvou o ator da ruína ao avisá-lo para ter cuidado com o antigo advogado. Ele dizia que ela “salvou sua vida” ao se recusar permitir que o ator embarcasse em um helicóptero que acabou caindo em 1991.

Fonte: G1 | Foto: Alberto E. Rodriguez