Alanis Morissette revela ter sido estuprada aos 15 anos

Em um novo documentário intitulado “Jagged”, produzido pela HBO, a cantora Alanis Morissette revela ter sido estuprada quando tinha 15 anos de idade. O filme, que estreia nesta segunda-feira (13) no Festival Internacional de Cinema de Toronto, traz declarações fortes da cantora canadense. O Washington Post revela que Alanis diz nesse documentário que levou anos na terapia para descobrir que foi uma vítima.

Eu sempre dizia que estava consentindo. Mas fui lembrada: ‘Ei, você tinha 15 anos, você não estava consentindo aos 15’. Agora eu digo: ‘Oh sim, eles são todos pedófilos. É tudo estupro estatutário'”, comentou a cantora.

+ Hawkeye: série do Gavião Arqueiro tem 1º trailer revelado

Estupro estatutário é quando há relações sexuais não forçadas entre um adulto e um indivíduo que legalmente não tem idade. No caso do Canadá, essa idade é 16 anos. A cantora não revelou a identidade dos supostos agressores e disse que já havia contado a “algumas pessoas” sobre os casos, mas nunca ninguém lhe deu atenção. Sobre esperar 30 anos para revelar ter sido estuprada, ela declarou:

Por que as mulheres esperam? As mulheres não esperam. Nossa cultura não escuta”, desabafou Alanis.

Dirigido por Alison Klayman, “Jagged” é um filme que relembra a vida e a carreira de Alanis Morissette e levanta diversas questões sobre a indústria musical.

Fonte: Rádio Rock | Foto: Divulgação