Akon planeja concorrer à presidência dos EUA

Na última edição da série de vídeos Show & Tell da NME, Akon confirmou que planeja concorrer à presidência dos Estados Unidos e criar a própria versão de Wakanda – o país fictício do super-herói Pantegra Negra, localizado na África subsariana do Universo Cinematográfico da Marvel. No quadro, quando foi apresentado a ele uma foto da Casa Branca, o rapper revelou que estava próximo de se tornar um rival de Donald Trump em 2020.

Isso é algo que definitivamente vou tentar fazer antes de me aposentar. Eu cheguei perto de concorrer à presidência em 2020, mas pensei sobre isso e disse: ‘Bem, se eu concorrer agora, nunca mais poderei tocar música livremente’. Antes de me despedir da música, preciso voltar ao jogo e me divertir o máximo que puder para depois sair. Uma vez que você entra nesse cargo, não há volta, então eu pensei: ‘vou pisar no freio e me concentrar na música’. Mas eu garanto que, assim que terminar, um futuro na política é definitivamente possível”, afirmou o cantor sobre a possível participação em uma corrida presidencial.

+ ‘It: A Coisa’ pode ganhar spin-off sobre Pennywise

Entre outras questões discutidas no programa, Akon também falou que planeja criar a própria “Akonda”. O rapper se inspirou no filme Pantegra Negra, lançado em 2017, para criar uma música. Na produção da Marvel, Wakanda é o reino fictício mais tecnologicamente avançado da terra.

Wakanda é algo que um dia pretendo construir na África! Depois de assistir a esse filme e ver o futuro de como a África poderia se parecer e o potencial que ela tem, isso é algo muito acessível. Não há nada nesse filme, futurista, que a África não carregue os recursos para criar. Eu tenho certeza disso. Meu objetivo de vida é criar essa cidade na África antes de eu morrer.”

Além disso, o rapper enfatizou sobre a criação da própria criptomoeda ‘Akoin’, para que ela se torne a “moeda oficial de toda a África”.

Fonte: Rolling Stone | Foto: NME