Adele é eleita a mulher que mais vendeu discos no século

Adele foi eleita como mulher que mais vendeu discos neste século no Reino Unido. De acordo com NME, a cantora liderou as paradas da The British Phonographic Industry (BPI), e superou nomes como Pink, Madonna, Rihanna, Dido e Amy Winehouse. Após vender aproximadamente 6 milhões de cópias no Reino Unido, “21” (2011), segundo disco de estúdio da artista, tornou-se o álbum mais vendido por uma mulher desde 2000 no país. O lançamento das estatísticas coincidiu com a volta do National Album Day (“Dia Nacional do Álbum,” na tradução livre) em outubro de 2021, o qual vai ter o tema de “Celebrating Women In Music” (“Celebrando Mulheres na Música”).

+ Kings of Leon apoia movimento #MeToo na música

Estamos muito satisfeitos para a volta do National Album Day na quarta edição, iluminando este ano com a tremenda contribuição das mulheres na música através do formato de álbum, apoiado por nossos parceiros oficiais Bowers & Wilkins e BBC Sounds. O Dia Nacional do Álbum é uma oportunidade para cantores e admiradores celebrarem esta forma de arte tão amada e nos lembrar do poder contínuo de contar histórias, influenciar e inspirar”, disseram Geoff Taylor, CEO do BPI, e Kim Bayley, CEO da Entertainment Retailers Association (ambas empresas responsáveis pelo Dia Nacional do Álbum).

De acordo com os executivos, os discos são importantes porque são fundamentais “para a autoexpressão dos músicos e compreensão dos fãs sobre o que tem a dizer”. Adele lançou o último disco, 25, em 2015. Desde então, o próximo trabalho da cantora permanece misterioso. Fãs esperam que seja lançado em 2021, mas a artista não confirmou nada sobre.

Fonte: Rolling Stone | Foto: Divulgação