Vocalista do Imagine Dragons diz que cantar é como fazer terapia: ‘Música é meu refúgio’

Em entrevista ao G1, Dan Reynolds, vocalista da banda Imagine Dragons, contou que o ato de compor tem a ver com sessão de terapia (“eu me envolvi com a música como um refúgio”).

Tanto é assim que o single “Believer”, do novo trabalho da banda, o álbum “Evolve”, reflete sobre os bons e maus momentos da vida (na estrada e fora dela). Reynolds já disse em entrevistas que teve depressão, mas acha que os tempos difíceis o ajudaram a crescer como ser humano.

Seu maior motivo de orgulho, no entanto, não é o disco novo.

No final de junho, o artista recebeu um importante prêmio pelo ativismo em favor da causa LGBT. Criado na religião mórmon e missionário quando jovem, Reynolds pediu desculpas no palco e chorou. “Quando as pessoas diziam ‘ei, eu sou gay’, eu achava que era pecado. Gostaria de poder bater na porta delas de novo e dizer que eu estava errado. Não posso fazer isso. Tudo que posso fazer é chegar aqui hoje e dizer a vocês que, sinceramente, sinto muito. De coração.”

Ele se lembra: “O prêmio significou para mim mais do que qualquer outro que já recebi – na indústria do música ou em qualquer outro setor da minha vida”.

Confira a entrevista na íntegra: Dan Reynolds fala ao G1