Turnê do holograma de Amy Winehouse tem estreia suspensa

A empresa responsável pela criação de um holograma da cantora Amy Winehouse, informou que a turnê programada para ser lançada ainda este ano não irá acontecer, pelo menos por enquanto. A informação foi postada no Twitter.

Às vezes, ao desenvolver esse tipo de evento teatral de holograma em realidade aumentada, encontramos alguns desafios e sensibilidades únicos que nos levam a dar um passo para trás. Desenvolver nossas produções é um cruzamento entre um espetáculo da Broadway e um show de música que requer engenharia criativa que não segue necessariamente um cronograma. E foi o que aconteceu com esse projeto de Amy Winehouse”, explicou Brian Becker, CEO da BASE Hologram.

Palco do Oscar terá 26 mil cristais e 40 mil rosas

Responsável por hologramas de Roy Orbison e Maria Callas, a empresa afirma que a turnê de Amy vai ficar em stand by até que os produtores possam garantir uma apresentação tão espetacular quanto a notável carreira da artista. O anúncio de uma turnê envolvendo o holograma de Amy foi feito em outubro do ano passado pelo pai da cantora, Mitch Winehouse. Na ocasião, disse que negociava datas para um primeiro giro que teria início em 2019 e contaria com uma banda ao vivo acompanhando os vocais das gravações originais de Amy. O pai da cantora deixou claro que todos os rendimentos dos concertos visariam beneficiar a Fundação Amy Winehouse.

Fonte: Rádio Rock | Foto: Divulgação