Surpresos, os integrantes do Stereophonics falam sobre o ilustre fã Bob Dylan

Recentemente, Bob Dylan revelou que o Stereophonics era uma de suas bandas “novas” favoritas. O Nobel de Literatura se declarou verdadeiramente fã do grupo galês. E agora é a vez dos integrantes falarem a respeito. “É muito surreal. Fui educado com dois irmãos mais velhos e eles costumavam tocar coisas como Creedence Clearwater Revival, Neil Young e Dylan o tempo todo quando eu era criança. Fico muito, muito lisonjeado em saber disso”, disse o frontman Kelly Jones sobre o elogio.

Jones acrescentou: “Passei muito tempo tentando escrever letras que significassem algo para mim e que, espero, outras pessoas possam se relacionar. Então, receber um elogio de um cara que é um tipo de Shakespeare da música é muito encorajador.”

O líder da banda também falou sobre “Scream Above The Sounds”, 10º álbum de estúdio do Stereophonics, com lançamento marcado para 27 de outubro. “Eu acho que fomos felizes com os últimos álbuns, eles foram realmente bem recebidos e os shows foram bons. O público tem ficado cada vez maior e mais diversificado – há jovens de 16 e 17 anos na primeira fila, o que é realmente bom para nós. Estamos começando a encontrar novas pessoas em nossos shows, além de ter pessoas que acompanharam a banda há muito tempo.”

Perguntado sobre sua inspiração para as letras, Jones respondeu: “Sempre escrevi sobre coisas que estou passando, experiências minhas e de pessoas ao meu redor. Eu sou um tipo de escritor muito observacional. Eu escrevo do ponto de vista das pessoas. As classes trabalhadoras. Se há política envolvida em minhas músicas, geralmente é escrita através da perspectiva de uma pessoa, muitas vezes eu mesmo, em vez de falar literalmente sobre os poderes que são. Eu saio com pessoas normais e é isso que me inspira realmente.”

Fonte: Rockline