Rock in Rio | Quase 80% dos hotéis do RJ já estão ocupados

De acordo com uma pesquisa divulgada pelo Sindicato dos Meios de Hospedagens do Município do Rio de Janeiro (Hotéis Rio), 78% dos quartos da rede hoteleira do Rio de Janeiro já estão ocupados para a primeira semana do Rock in Rio e 84% para a segunda semana. A maioria dos turistas é de estados brasileiros, com destaque para São Paulo, Minas Gerais e Bahia. Entre o público estrangeiro, o maior volume de reservas está sendo realizado por norte-americanos, argentinos e franceses. O levantamento mostra ainda que a ocupação vai superar a registrada na última edição do Rock in Rio, ocorrida em 2017. Os dados atuais revelam que os quartos reservados para a primeira semana são 4% superiores aos quartos ocupados há dois anos. Com algumas novidades, o Rock in Rio ocorre entre 27 e 29 de setembro e entre 3 e 6 de outubro. São 250 shows e entre as atrações internacionais estão Foo Fighters, Bon Jovi, Red Hot Chili Peppers, P!nk, Black Eyed Peas, Iron Maiden e Scorpions.

+ Mr. Robot | Temporada final ganha novo trailer; confira

Artistas e bandas brasileiras como Anitta, Elza Soares, Mano Brown, Emicida, Os Paralamas do Sucesso e Capital Inicial também sobem aos palcos. O ingresso para cada um dos sete dias do evento custa R$ 525. Há meia-entrada assegurada aos grupos definidos em legislação, como estudantes e idosos. Para alguns dias, os bilhetes já estão esgotados. O Rock in Rio ocorre na Cidade do Rock que foi montada no Parque Olímpico, no bairro Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro. Os organizadores esperam um público de 100 mil pessoas por dia, totalizando 700 mil ao todo. A prefeitura estima que o evento pode injetar R$ 1,7 bilhão na economia do município. Na última edição, conforme uma estimativa feita pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), foi movimentado R$ 1,4 bilhão. O levantamento revelou que 65% do público veio de fora do Rio de Janeiro.

Fonte: Destak | Foto: Divulgação