Produtora acusa Michale Graves de fugir do Brasil antes de completar turnê

O cantor de heavy metal Michale Graves “fugiu” do Brasil antes de completar a turnê pelo país, acusou a produtora Venus Concerts no último domingo (23). O artista tinha agenda com 28 shows no país, mas fez apenas 22. Ele estava em turnê desde 16 de junho, com repertório dos discos American Psycho e Famous Monster, de quando era vocalista da banda Misfits.

Estamos sem chão e sem palavras para o crime cometido do @officialmichalegraves e toda sua crew”, declarou a produtora em nota.

+ The Raconteurs recriam capa censurada dos Beatles em novo disco

Segundo nota, a Venus quer processar cantor e equipe por estelionato e já acionou a Polícia Federal. Após as declarações, o músico mandou mensagens para o dono da produtora via Whatsapp. Segundo ele, o retorno foi motivado pro necessidades familiares. Graves também pede que a produtora apague as publicações em que o chama de “bandido”.

Pare com seus posts caluniosos. Minha família precisa de mim em casa. Pare de nos ameaçar. Apague os posts ou nós também procuraremos a mídia e advogados. Você está assumindo coisas publicamente sem saber de nada”, diz uma mensagem do cantor.

Fonte: G1 | Foto: Alexandre Durão