Plantão do Rock UCSfm | O Outro Rei

Julho é o mês do Rock’n Roll na UCSfm e, durante o período que celebra o estilo musical mais cultuado no mundo, nós vamos te contar histórias, fatos e curiosidades do mundo do Rock

A carreira solo de Michael Jackson começou paralelamente à época em que ele fazia parte do Jackson Five. Ele teve sucesso com canções como Ben, One Day in Your Life e outras, mas só de fato abriu as asas longe dos irmãos quando lançou, em 1979, o magnífico Of the Wall. Impecável e cheio de groove, o disco teve a produção precisa de Quincy Jones e fez um enorme sucesso. Por isso, Jackson não hesitou em chamar Jones para produzir o sucessor Thriller, lançado em 30 de novembro de 1982. O trabalho ocuparia o posto de álbum mais vendido da história.

Jackson estava no auge quando foi escalado para se apresentar no especial de TV Motown 25: Yesterday, Today, Forever, gravado em 25 de março de 1983, no Pasadena Conference Center, na Califórnia, poucos meses após a chegada de Thriller. Depois de cantar um medley de hits do Jackson Five ao lado dos irmãos, o artista tomou o palco sozinho, confiante como nunca, para mostrar o single solo Billie Jean. No meio da performance, Jackson começou a deslizar para trás, em um passo surpreendente que foi chamado de “moonwalk”. Nas pistas de dança, o moonwalk se tornou mania absoluta. Naquele momento, ninguém era maior que Michael Jackson. O apogeu do garoto que cresceu sendo ouvido por diversas plateias pode apenas ser comparado ao de Elvis Presley e ao dos Beatles. Jackson só viria a ser definitivamente chamado de “Rei do Pop” no início dos anos 1990, mas já dava indícios de porquê merecia a alcunha.

Central de Conteúdo UCSfm