Pippo Pezzini lança ‘Mais solitário que canceriano longe de casa’, em Caxias

O músico e psicólogo Pippo Pezzini lança a obra Mais solitário que canceriano longe de casaàs 19h desta quinta-feira (8),  no Alouca Café (Os 18 do Forte, 2331), em Caxias do Sul. O terceiro livro da carreira do escritor traz muitos conceitos imbuídos nas entrelinhas. Dividida em duas partes (Dores poéticas e Dores crônicas), a obra, que foi viabilizada por um financiamento coletivo, tem versos livres e pequenas crônicas. Conversamos com o autor no programa Café com notícias, apresentado pelo jornalista Eduardo Borile Junior. Ouça:

Creed II | Michael B. Jordan está preparado para o embate em novas fotos

Mais Solitário que Canceriano Longe de Casa retrata a solidão de um ‘caranguejo’ que utiliza a arte como subterfúgio de uma vida de desencontros e deslocamento existencial. A angústia de ser estrangeiro em qualquer lugar e, como Ulisses, enfrentar todo tipo de obstáculo para voltar para a casa é o perímetro da história. Não é um livro sobre astrologia, nem só de solidão. O não-estar, o afastamento da cidade de nascença, os desamores, as velhas casas da infância, memória afetiva e nostálgica, o desejo de fuga… tudo isso convida o leitor a embarcar nessa odisseia repleta de símbolos, fantasmas, dores e reminiscências. | Foto: Paulo Pretz

 

Central de Conteúdo UCSfm