Peter Frampton anuncia turnê de despedida

Peter Frampton anunciou que fará uma turnê de despedida. Ele fará shows nos Estados Unidos entre os meses de junho e outubro. Foram anunciadas, no total, 51 datas. Ainda não foi revelado se a tour ficará restrita ao território norte-americano ou se passará por outros países.  O guitarrista revelou que deixará de fazer turnês por causa de uma rara doença muscular degenerativa. Frampton disse em entrevista recente que tem gravado muito desde que foi diagnosticado com miosite de corpos de inclusão, uma condição inflamatória rara e incurável que faz com que os músculos enfraqueçam lentamente.  “Já temos 33 novas faixas”, disse ele. “Eu só quero gravar o máximo que puder, você sabe, agora, por razões óbvias”.

Frampton foi diagnosticado há cerca de três anos e meio após uma queda no palco. A doença progrediu gradualmente, mas por volta de setembro ou outubro, depois que ele encerrou a turnê, ele sentiu os efeitos se acelerarem. Ele disse que já sentiu os efeitos em seus dedos, mas que ainda é capaz de tocar guitarra . “Mas daqui a um ano, talvez não seja tão bom … Sou perfeccionista e não quero ir lá fora e sentir como ‘Ah, não posso, isso não é bom’. Isso seria um pesadelo para mim “, disse ele. “Eu tenho tocado guitarra há 60 anos. Começou quando eu tinha oito anos e agora tenho 68 anos. Então, eu tive uma corrida muito boa.”

Frampton se destacou a frente do Humble Pie. Sua popularidade deslanchou ainda mais com o clássico “Frampton Comes Alive!”, de 1976.  Ele também participou do álbum “Never Let Me Down” (1987), de David Bowie.

Fonte: CBS News /  Kiss FM