Pearl Jam investe em mais um projeto de preservação ambiental

O Pearl Jam anunciou que está investindo em um projeto de compensação de carbono no Alasca. Trata-se da primeira ação do tipo na região e visa proteger a área de floresta da Ilha Afognak e preservar o habitat de muitas espécies animais importantes. O projeto em passou por um rigoroso processo de avaliação gerenciado pela organização sem fins lucrativos Verra.

Como banda, é importante para nós sermos responsáveis ​​pela poluição que criamos. Desde 2004, investimos em projetos em todo o mundo para mitigar as emissões de CO² causadas pelos nossos deslocamentos”, disse Stone Gossard no site oficial do Pearl Jam.

Bohemian Rhapsody | Elenco revela como foi o 1º encontro com músicos do Queen; assista

A organização Verra salientou que a liderança que a banda vem exercendo desde o início deste século é louvável. Conforme o diretor de inovação Toby Janson-Smith “as ações do grupo ajudaram a proteger ecossistemas críticos em todo o mundo, mostrando aos fãs como ações individuais podem fazer uma diferença real”. O Pearl Jam calcula e compensa as emissões de dióxido de carbono relacionadas às turnês desde 2003. O histórico de mitigação de carbono da banda pode ser conferido no site oficial da banda.

Fonte: Rádio Rock | Foto: Divulgação