Paul McCartney processa Sony por direitos autorais dos Beatles

Paul McCartney entrou com um processo nesta quarta-feira (18) contra a gravadora Sony para recuperar os direitos autorais de propriedade intelectual dos sucessos que compôs com os Beatles entre os anos de 1962 e 1971. A argumentação de McCartney se baseia nas diversas modificações na legislação americana sobre os direitos autorais que, segundo o cantor de 74 anos, lhe permitiriam recuperar a partir de 2018 a propriedade das canções escritas por ele e John Lennon para os Beatles.

Entre as músicas estão sucessos como Love Me Do, Can’t Buy Me Love, Ticket to Ride, Yesterday, Hey Jude e Let It Be.

Leia mais: Paul McCartney processa Sony por direitos autorais dos Beatles

Fonte: G1