Novo documentário sobre o Lynyrd Skynyrd estreia no festival SXSW

Os integrantes do Lynyrd Skynyrd lutam muito sobre a forma como a história da banda norte-americana é contada nas telas, mas um novo documentário chamado “If I Leave Here Tomorrow: A Film About Lynyrd Skynyrd” parece que finalmente conseguiu deixar os músicos do grupo felizes.

O guitarrista Gary Rossington e o vocalista Johnny Van Zant compareceram à estreia do filme no festival South by Southwest e elogiaram a abordagem equilibrada sobre os altos e baixos da banda, além de admitir que assistir à história do grupo na tela os deixou bastante emocionados.

Segundo Rossington, único remanescente da formação original: “Todos os outros documentários sempre foram negativos e nunca mostraram o quanto realmente éramos irmãos. Nós morreríamos um pelo outro, crescemos todos juntos, sabe? Estávamos muito felizes e éramos uma família. Todos os outros docs sobre a banda fizeram parecer que estávamos brigados uns com os outros na época do acidente, mas nunca foi assim. Olho para as minhas memórias e elas estão todas vivas, como grãos saltitantes em meu cérebro. Não tenho vergonha de dizer que chorei algumas vezes, e não tem como não fazer isso sendo parte de tudo que aconteceu. Minhas filhas estavam todas chorando e elas me fizeram também chorar ao dizer que eu nunca tinha contado sobre as coisas que elas viram no filme”.

Van Zant também falou sobre o filme: “Acho que você tem algo como uma grande família aqui. Faça uma pesquisa, vá em frente, e você encontrará morte e tragédia. Gregg Allman falou melhor do que ninguém: ‘Se você viver o suficiente irá experimentar tragédias e triunfos’. É o que o Lynyrd Skynyrd tem sido, e o que a própria trajetória dos Allman Brothers também foi. Não teria sido Lynyrd Skynyrd sem tudo o que aconteceu, sabe? Essa era a vontade de Deus e o caminho que ele traçou para nós”.

If I Leave Here Tomorrow é uma produção do canal CMT e será lançado em DVD e Blu-ray após o festival. O filme é dirigido por Stephen Kijak, o mesmo diretor dos documentários Jaco e Stones in Exile.

Fonte: Collectors Room