Natureza-morta é tema de exposições no Campus 8 da UCS

Natureza-morta é o gênero artístico comum entre as exposições que se iniciam no Campus 8 da Universidade de Caxias do Sul. Interferências em Natureza-Morta e Naturezas-Mortas e Outras Coisas pode ser conferida até 30 de maio, de segunda a sexta-feira, das 18h às 22h. A entrada é gratuita. Com curadoria de Guadalupe Bolzani e Jacks Ricardo Selister, a mostra que é aberta ao público às 19h30 desta quarta-feira (8), explora as perspectivas da natureza-morta na arte contemporânea. A exposição apresenta obras da coleção da Pinacoteca José Antonio e Hieldis Martins, dos artistas Carlos Scliar, Fernando Baril e Volpetiz, além de trabalhos dos acadêmicos da UCS Allef do Prado de Lima, Aline Chaves, Ana Carolina Salvi, Camila de Sousa Cenci, Evelyn Teixeira Cagliari, Juliana Siqueira, Luana Lemos e Renata Formigheri Pacheco.

+ Rocketman | Confira os bastidores da recriação dos figurinos de Elton John

A exposição reúne também acervos de gravura do Campus 8 e do Acervo Municipal de Artes Plásticas (AMARP). São apresentadas 35 gravuras de artistas de diferentes gerações em diversos suportes, matrizes, formatos e dimensões, que vão da xilogravura, linoleogravura, litografia, xerografia, elotrografia, serigrafia à gravura em relevo, entre outras, que têm em comum o gênero artístico natureza-morta. As iniciativas integram a programação da Mostra UCS Campus 8 – Cidade das Artes, projeto que reafirma a importância e a tradição das artes visuais em Caxias do Sul com um calendário de mostras mensais com artistas convidados. A visitação de escolas e grupos ocorre sob agendamento, pelo telefone (54) 3289-9000. | Foto: Divulgação (obra de Gelson Soares)

Central de Conteúdo UCSfm