‘Não me incomodaria se o Rolling Stones acabasse’, afirma o baterista Charlie Watts

O baterista dos Rolling Stones, Charlie Watts, comentou em uma entrevista concedida ao jornal The Guardian que não se incomodaria se a banda que ajudou a fundar há mais de meio século terminasse.

Eu amo tocar e atuar com Mick, Keith e Ronnie, mas não ficaria incomodado se os Rolling Stones falassem que o que temos é… suficiente”, disse o artista de 76 anos.

Contudo, o britânico afirmou que não saberia o que fazer se o grupo se separasse e destacou que gostaria que a possível separação fosse amigável.  Watts também comentou que “não tem ideia” se a atual turnê No Filter vai ser a última dos roqueiros. Diferentemente de muitos artistas que, já em idade avançada e muitos anos de carreira, começam a planejar lançamentos especiais, ele revelou não se preocupar com isso.

Fonte: Correio do Povo