Mesmo sem lotar estádio, Radiohead faz show intenso em São Paulo

O Radiohead voltou a São Paulo após nove anos com outro grande show neste domingo (22), no Allianz Parque. No palco, foi tudo perfeito: Thom Yorke estava solto e a banda passeou com precisão por fases e climas diversos. A plateia do evento é que foi mal equalizada: a pista VIP, cujo ingresso custava R$ 700, tinha grandes espaços vazios. Atrás, a pista comum, por R$ 360, estava cheia, com gente penando para enxergar o palco baixo. A arquibancada também tinha buracos vazios. Segundo a produção, foram 30 mil presentes. O Allianz Parque comporta cerca de 45 mil pessoas em shows.

Documentário ‘Barão Vermelho: Por que a Gente É Assim?’ é disponibilizado na Netflix

A ironia é que a dose extra de ganância e a separação exagerada de pessoas dariam um ótima música de Thom Yorke, irritado e triste com essa situação de distopia capitalista.  Mas no fim os paulistas saíram perdendo, com uma música a menos no bis do que no Rio de Janeiro. O show acabou com cerca de duas horas e 15 minutos e sem Karma Police, que fechou lá no RJ.

Fonte: G1