Melhor amigo de Bob Dylan escreve biografia sobre o cantor

Antes do Bob Dylan subir ao palco para o ‘O Último Concerto de Rock’, em novembro de 1976, ele procurou Bill Graham, e disse que só tocaria se a equipe do Martin Scorsese concordasse em filmar duas das quatro músicas que ele planejava tocar durante a sua apresentação. “Vou colocar Louie no palco ao lado de você e Marty”, disse Dylan. “Ele vai te dizer quando você pode me filmar.”

O Louie em questão, era Louie Kemp. O melhor amigo de Dylan desde que se conheceram no acampamento de verão em 1953. Kemp havia cruzado a América com Dylan sendo o produtor do Rolling Thunder Revue, documentário dirigido por Scorsese sobre a turnê de Dylan, e agora ele documentou como foi ser o promotor de shows mais famoso da história ao lado de um maiores diretores da indústria cinematográfica.

Há décadas, os momentos insanos do ‘O Último Concerto de Rock Last Waltz’ é uma das muitas histórias que Kemp tem contado para os amigos próximos, mas desta vez, ele finalmente documentou tudo em seu novo livro, Dylan & Me: 50 Years of Adventures, que será lançado no dia 15 de agosto. “Este livro mostra o lado realista de Dylan”, diz Kemp. “Para mim, ele sempre foi Bobby Zimmerman e essas são todas as histórias de Bobby Zimmerman. Bob Dylan é seu lado comercial. Eu queria mostrar uma perspectiva totalmente diferente sobre ele do que qualquer um já ouviu antes. ”

+ Lars Ulrich sugere que Metallica pensa em um Garage Inc. 2

Grande parte do livro se concentra em suas aventuras no Rolling Thunder Revue, mas os fãs de Dylan ficarão fascinados com o relato de Kemp sobre a conversão religiosa de Dylan no final dos anos 1970 e seu retorno às raízes judaicas na década seguinte.

“Como a maioria dos amigos, nós temos os nossos desentendimentos”, escreve Kemp no livro. “Nós resolvermos a maioria deles, e ultimamente eles fizeram a nossa amizade ser mais forte.” “Nós ainda somos amigos, mas não somos ligados como éramos antes”, ele conta. “Já passaram mais de dez anos [desde que eu vi ele pessoalmente]. “[O que aconteceu] é algo que eu não gostaria de falar sobre. Isso é entre Bob e eu.”

Fonte: Rolling Stone