Letra escrita por Dinho, dos Mamonas, vira música inédita sobre a Copa; ouça

Uma letra escrita por Dinho ganhou vida 22 anos após a morte do vocalista dos Mamonas Assassinas. Nesta semana, está sendo lançada Vai Aê, com versos encontrados em um sítio da família do vocalista e que ganharam uma composição inédita em clima de Copa do Mundo. Quem garimpou anotações de Dinho foi Jorge Santana, primo do músico que morreu no acidente de avião que vitimou toda a banda, em 1996. Santana é o responsável por cuidar do legado de Dinho e dos projetos que levam o nome do parente. Confira:

Estamos produzindo um longa-metragem sobre os Mamonas, e eu estava procurando materiais inéditos para o roteiro, alguma fita VHS ou algo que pudesse ajudar para passar aos roteiristas. Eu estava com meu tio, num sítio em Itaquaquecetuba e achei essas anotações”, disse Santana.

Courtney Love revela que Kurt Cobain queria deixar o Nirvana

Jorge Santana prevê que o longa-metragem sobre a banda vai começar a ser rodado no meio do ano. Uma série de TV também está nos planos.

Fonte: UOL