Leilão de violão que pertenceu a John Lennon deve quebrar recordes

Um raro violão Gibson do beatle John Lennon que chegou a ser dado como perdido irá a leilão no final deste ano, e a estimativa é de que ele bata recorde no valor dos lances, segundo divulgou nesta quinta-feira (4) a casa de leilões Julien’s Auction.

O violão de modelo J-160E Gibson Acoustic, comprado por Lennon em 1962, deve atingir lance final entre US$ 600 mil e US$ 800 mil quando for a leilão no dia 6 de novembro, em Beverly Hills, na Califórnia.

Darren Julien, dono da casa de leilões, chamou o violão de “um dos maiores achados da história da música”, afirmando que ele pode bater o recorde estabelecido em 2013, quando uma guitarra de Bob Dylan foi arrematada por US$ 965 mil.

“Este era um dos seus violões favoritos, ele falava sobre como não queria tê-lo perdido”, afirma Julien.

O violão foi dado como perdido em 1963 durante o show de Natal dos Beatles no parque Finsbury, em Londres. O instrumento só reapareceu 50 anos depois, comprado por um homem chamado John McCaw em uma loja de usados nos EUA.

A autenticidade foi atestada por Andy Babiuk, que escreveu sobre equipamentos musicais usados pelos Beatles. O especialista comparou o número serial, a madeira e arranhões no violão através de fotografias e vídeos.

Segundo Babiuk, Lennon usou o violão para gravar “Love Me Do”, e também em shows ao vivo e em sessões de composição.

Fonte: Van do Halen