Led Zeppelin | Mick Jagger e George Harrison torceram o nariz ao ouvirem a banda pela primeira vez

Led Zeppelin I, disco de estreia da banda, levou apenas 36 horas para ser gravado, e custou menos de £ 2 mil. Rápido e econômico, foi um sucesso: Platina óctupla nos Estados Unidos, e vendas exorbitantes por décadas.

O álbum lançou Led Zeppelin ao topo, e com faixas como “Dazed and Confused” e “Black Mountain Side”. Mas mesmo com todo o hype e sucesso, nem todo mundo gostou. Principalmente os grandes figurões da música da época, como Mick Jagger e George Harrison. “Eles torceram o nariz ao ouvir a mistura de hard rock e blues do primeiro álbum”, disse Chris Salewicz, o autor de Jimmy Page: The Definitive Biography.

+ Pearl Jam divulga vídeos dos primeiros shows da banda em 1991

Glyn Johns, no final dos anos 1960, trabalhava como engenheiro de som dos Rolling Stones e dos Beatles. Depois, foi contratado também pelo Led Zeppelin. Adorando o que ouviu, fez questão de mostrar para Jagger e Harrison. Mas a reação dos dois não foi animadora. “A gente estava montando The Rolling Stones Rock and Roll Circus [apresentação que reuniu artistas como John Lennon e The Who para tocar Stones] e eu tinha acabado de gravar Led Zeppelin I. A gente estava procurando artistas [para o Circus] e eu mostrei as músicas pro Mick Jagger. ‘Jimmy Page montou essa banda com o John Paul Jones. Vai virar famosa!’, eu disse, mas o Mick não entendeu direito a música. Provavelmente ainda não entende”, disse o engenheiro.

Com George Harrison a história não foi muito diferente. “A gente estava saindo da Apple [Studios], e morávamos perto. A gente passou na frente do Olympic Studios, onde eu tinha gravado o Zeppelin, e falei ‘vem aqui, quero te mostrar uma coisa’. Eu peguei o master, entramos em um estúdio vazio e toquei a gravação. Ele também não entendeu algum aspecto. Achou horrível”, revelou Johns.

Fonte: Rolling Stone