Led Zeppelin enfrenta novo julgamento por acusação de plágio em ‘Stairway to Heaven’

A já longa saga jurídica envolvendo Stairway to Heaven vai ganhar um novo episódio muito em breve. De acordo com a Reuters, durante uma reunião que reuniu onze juízes da corte dos Estado Unidos, realizada na última segunda-feira (10), foi decidido que vai ser feita uma revisão no caso de acusação de plágio que mira o Led Zeppelin e tem como origem a banda Spirit. Robert Plant e Jimmy Page são acusados de copiar o riff do início da música instrumental Taurus, lançada pela banda estadunidense em 1968, três anos antes do lançamento do clássico dos britânicos. Ouça:

+ ‘Gladiador 2’ se passará 25 anos depois do filme original

Em junho de 2016, havia sido decidido que Stairway to Heaven não infringia os direitos autorais da composição criada pelo guitarrista Randy California (Randy Wolfe). Em setembro de 2018, porém, a conclusão obtida dois anos antes foi refutada. Analisado por outros três juízes, o cenário do caso mudou. Para eles, os responsáveis pelo julgamento anterior ofereceram “instruções jurídicas equivocadas”, e exigiram uma nova avaliação. De volta aos dias atuais, uma nova corte de jurados vai ouvir e julgar o caso em São Francisco, no fim do próximo mês de setembro, e será acompanhada também por Francis Malofiy, advogado de Michael Skidmore que, por sua vez, é representante do legado de Wolfe.

Fonte: Rolling Stone | Foto: Dario Cantatore