Led Zeppelin deve voltar aos tribunais por suposto plágio de ‘Stairway To Heaven’

A guerra sobre a autenticidade do clássico do Led Zeppelin, Stairway To Heaven, de 1971, que teria roubado os acordes iniciais de Taurus, de 1967, da banda Spirit, ganhou mais um capítulo. Isso porque um advogado da Filadélfia, teve em seu favor uma decisão de um Tribunal de Apelações nos Estados Unidos que ordena um novo julgamentos sobre o caso de plágio da icônica canção. Na ocasião, a famosa banda foi ao tribunal porque as duas canções foram consideradas parecidas o suficiente para que um júri apontasse se era realmente um caso de plágio. Mas, a decisão foi favorável ao Led e tudo indicava que o caso estava finalmente encerrado. Com essa reviravolta, espera-se, agora, que um novo julgamento seja realizado ainda este ano com Jimmy Page, Robert Plant e John Paul Jones novamente apresentando defesa às autoridades.

Weezer volta a 1985 em videoclipe da cover de ‘Take On Me’

Especialistas em direitos autorais ouvidos pela Philadelphia Magazine dizem que o Led Zeppelin deveria estar preocupado, porque teria um histórico em arrancar riffs de antigas canções de blues e não dar o devido crédito ao autor. O advogado em questão, inclusive chama o Led Zeppelin de “a maior banda de covers de toda a história”. Novos testemunhos e provas devem ser apresentados pelo advogado, além da execução da música que ele considera ser a original para os jurados. Também deve ser reforçada a acusação de que o Led Zepelin foi a banda de abertura de uma turnê do Spirit pelos Estados Unidos, no ano de 1968, quando os caras tiveram contato com o material. Estima-se que Stairway To Heaven tenha gerado uma receita de US$ 500 milhões em vendas e royalties desde seu lançamento em 1971. Confira as duas músicas e tente achar a semelhança ente elas:

Fonte: Rádio Rock | Foto: Divulgação