Kurt Cobain | Novo livro traz histórias inéditas sobre período de sucesso do Nirvana

Danny Goldberg é um dos grandes profissionais da indústria da música, hoje ele é presidente da Gold Village Entertainment, mas já trabalhou em campanhas de marketing para Led Zeppelin, The Allman Brothers Band e Bruce Springsteen, produziu a trilha sonora da série Miami Vice e escreveu livros sobre o universo empresarial que envolve o rock and roll. Agora, Goldberg prepara um lançamento no qual promete revelar páginas e mais páginas com histórias inéditas envolvendo o Nirvana e o icônico vocalista Kurt Cobain. Serving the Servant: Remembering Kurt Cobain, tem lançamento previsto para 2 de abril e aborda simplesmente os anos mais impactantes da história do Nirvana, entre 1990 e 1994, período no qual Goldberg se tornou empresário da banda. Ele assumiu a responsabilidade de direcionar os caras a partir do sucesso estratosférico de Nevermind, que transformou o Nirvana na maior banda de rock do planeta. Confira a capa:

Foo Fighters | Dave Grohl paga pizzas para fãs que aguardavam show na fila

O livro traz memórias de Goldberg sobre a relação com o líder do grupo, que ele mal conhecia antes de virar seu empresário. Outras preciosidades para os fãs são os arquivos jamais publicados sobre a banda e entrevistas com pessoas próximas do vocalista. O autor ouviu a esposa Courtney Love, amigos e ex-companheiros de banda, incluindo o baixista Krist Novoselic. Tópicos como o casamento de Kurt com Love; o nascimento da filha do casal, Frances Bean; e as lutas de Cobain contra as drogas, também trazem novas revelações.

As publicações na mídia sobre Kurt geralmente se concentram na tragédia de sua morte. Embora seja impossível ignorar os demônios interiores que o atormentaram, ao pesquisar para o livro recordei de seu brilhantismo, seu senso de humor e sua bondade para com a maioria dos que o rodeavam. Ele era tão complexo que não havia duas pessoas experimentando a mesma pessoa, mas espero poder acrescentar outra dimensão ao legado de Kurt”, explicou Goldberg.

Fonte: Rádio Rock | Foto: Divulgação