Júri decide que ‘Stairway to Heaven’, do Led Zeppelin, não é plágio

O Departamento de Justiça responsável por julgar a acusação de plágio aberta pela banda Spirit contra o Led Zeppelin por causa do clássico “Stairway to Heaven”, decidiu finalmente não punir a canção intimada. Segundo a NBC, apesar da ação judicial continuar, o Tribunal de Justiça foi consultado para prestar auxílio em um parecer prévio, no qual o juiz esclareceu que o direito das composições musicais registradas antes de 1972 são protegidas apenas pela partitura e não pela gravações sonoras. “Taurus”, a música que o Spirit alega ter sido copiada por Led Zeppelin em “Stairway to Heaven”, foi escrita em 1967, o que a encaixa na antiga lei de direitos autorais.

+ Paul McCartney faz as próprias palhetas com moedas achatadas nos trilhos do trem

Em um prejulgamento, foi acrescentado que apesar de existir uma similaridade entre as duas músicas, de acordo com a antiga lei federal, as partes contestadas precisam ser praticamente iguais. E como não são, Jimmy Page, Robert Plant, John Paul Jones e John Bonham não serão punidos. “As notas e o ritmo não são, nem em maior parte, os mesmo”, escreveu o governo em um documento oficial.

Ainda que o Departamento de Justiça tenha respondido em defesa de Led Zeppelin, um painel de três juízes continua com a ordem de executar um novo julgamento em breve, para dar continuidade a essa batalha legal que já dura cinco anos.

Fonte: Rolling Stone
Foto: Getty Images