Jim Carrey faz campanha contra o Facebook e apaga página na rede social

O ator Jim Carrey publicou nesta terça-feira (6) uma campanha contra o Facebook, que completou 14 anos no ar na segunda (5). A alegação é que a empresa criada por Mark Zuckerberg “lucrou com a interferência russa” nas eleições de 2016 nos Estados Unidos e “ainda não está agindo o bastante para acabar com isso”. Em seu perfil no Twitter, Carrey postou uma caricatura de Zuckerberg ao lado da palavra Fakebook (uma brincadeira com a palavra “fake”, ou falso). O ator disse ainda que vai vender as ações que têm da empresa por abaixo do valor.

+ Produtores de ‘Game of Thrones’ vão roteirizar novos filmes de ‘Star Wars’

Estou vendendo minhas ações do Facebook a preço de banana e deletando minha página porque o Facebook lucrou com a interferência russa nas nossas eleições e ainda não está agindo o bastante para acabar com isso. Encorajo todos os outros investidores que se importam com o nosso futuro a fazerem o mesmo #unfriendfacebook”, disse o ator.

O Facebook, assim como outras redes sociais, tem sido apontado como um dos canais que mais foi usado para espalhas notícias falsas durante a última campanha presidencial dos EUA, em 2016.

Fonte: G1