Improviso de Robert Downey Jr. mudou Universo Marvel; entenda

Parte do que fez do Homem de Ferro, que é um personagem menos importante dos quadrinhos da Marvel, a referência principal nos filmes da maior franquia de todos os tempos foi a forma como Robert Downey Jr. deu vida ao personagem. Além de emprestar seu carisma para Tony Stark e atuar como se ator e personagem não dissociassem, o astro é conhecido por improvisar em cena e um de seus improvisos no primeiro filme do Universo Cinematográfico Marvel marcou para sempre a cinessérie. Em entrevista para o site Deadline, Kevin Feige, presidente da Marvel Studios, falou sobre os 10 anos de Homem de Ferro (2008), filme que serviu como pontapé inicial de uma franquia que conta com 20 longas-metragens e US$ 17,2 bilhões arrecadados nas bilheterias. Para o produtor, o desfecho do filme, no qual Downey Jr. improvisa a linha na qual diz “Eu sou o Homem de Ferro” em uma coletiva de imprensa impactou os demais filmes da saga.

Aquele sucesso nos inspirou a ir adiante e confiar em nós mesmos para encontrar o balanço de se manter fiel ao espírito dos quadrinhos mas sem ter medo de adaptar e mudar coisas”, avaliou Feige.

+ Confira o trailer final de’ X-Men: Fênix Negra’

Nas HQs da Marvel foram necessários muitos anos até Stark finalmente assumir seu alter-ego. Por conta da boa receptividade dos fãs à abordagem de Homem de Ferro, a Marvel pôde desenvolver seus personagens sem que a manutenção das identidades secretas deles fosse um grande problemas. Por conta disso, por exemplo, Thor não precisou passar décadas disfarçado do Dr. Donald Blake.

Se você mudar algo dos quadrinhos sem nenhum motivo é uma coisa, mas e se você mudar algo porque você quer dobrar a aposta em algum aspecto que tem a ver com o espírito do personagem? Essa é uma mudança que faremos”, disse o produtor, que considera que ao dizer “Eu sou o Homem de Ferro”, Tony Stark tomou uma atitude muito… Tony Stark.

Fonte: AdoroCinema | Foto: Divulgação