HIPERTEXTO

O baixista Glenn Cornick, um dos membros fundadores do Jethro Tull, morreu no último fim de semana onde morava, no Havaí, aos 67 anos de idade. De acordo com a Billboard, o músico sofria de insuficiência cardíaca congestiva e fazia tratamento paliativo em casa. O vocalista Ian Anderson lamentou o ocorrido e postou um comunicado nas redes sociais. “Glenn era um homem de grande cordialidade e pronto para fazer amizade com qualquer um – especialmente músicos. Sempre alegre, ele trouxe para as performances da fase inicial do Tull uma intrepidez animada, como sua personalidade e música. Durante muitos anos, desde então, Gleen continuou a tocar em várias bandas e era convidado habitual em convenções de fãs do Tull, onde ia participar com entusiasmo para reviver os momentos musicais do repertório inicial.”

Fer Machado

Diretor Artístico Rádio UCSfm

Deixe uma resposta