Gravações raras dos Beatles tocando em um clube de strip em Hamburgo, na Alemanha, em dezembro de 1961, serão leiloadas a partir do dia 27 de fevereiro. A casa de leilões Ted Owen & Co. vai oferecer a cópia original dos concertos no Star Club, realizados entre o Natal e o Réveillon daquele ano. O preço inicial da fita é de 150 mil dólares, segundo o jornal The Guardian, mas espera-se arrecadar um valor muito superior.

A gravação foi feita apenas quatro meses após Ringo Starr ter sido convidado a se juntar ao grupo, e dois meses depois do lançamento do primeiro single do quarteto, “Love Me Do”. A gravação original esteve sob a posse de muitas pessoas ao logo dos últimos anos – o que inclui duas tentativas frustradas de aquisição por parte do empresário dos Beatles, Brian Epstein, e Yoko Ono – até, recentemente, cair nas mãos de Larry Grossberg, ex-empresário de Andy Warhol e Muhammad Ali.

É Grossberg quem está colocando a gravação em leilão. Ele afirmou ao Guardian: “Tenho 74 anos, é hora de vender. Não quero que minha família tenha o fardo de revirar minhas coisas e liquidar tudo o que guardo”.

De aproximadamente três dúzias de músicas que a banda apresentou, apenas duas delas – “I Saw Her Standing There” e “Ask Me Why” – foram escritas por John Lennon e Paul McCartney. O resto eram covers que logo se tornariam famosas na voz do quarteto de Liverpool, como “Roll Over Beethoven”, de Chuck Berry, e “Twist and Shout”. O leilão também incluirá o rolo completo das gravações do Star Club, incluindo as brincadeiras e conversas entre os integrantes da banda que não fazem parte do álbum ao vivo dos Beatles.

Fonte: Rolling Stone Brasil