Fãs e amigos se despedem de Roberto Leal em São Paulo

O corpo do cantor Roberto Leal, que morreu neste domingo (15), aos 67 anos, está sendo velado na manhã desta segunda-feira (16) na Casa de Portugal, no bairro da Liberdade. Amigos, familiares e fãs do cantor comparecem à cerimônia, que é aberta ao público. Logo cedo, formava-se uma fila daqueles que queriam prestar sua última homenagem ao cantor. Pessoas traziam consigo camisetas e bandeiras de Portugal, que também podiam ser vistas próximas ao caixão, ao lado de bandeiras brasileiras. Entre as coroas de flores, estava uma do presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa.

+ Jojo Rabbit | Comédia vence como melhor filme em Toronto

Ele foi, até hoje, o maior divulgador da música portuguesa no mundo. Trinta milhões, nunca nenhum artista [português] alcançou essa vendagem no mundo, esse legado é importante. É um público diferenciado: é carinho, família, amor. É isso que ele sempre procurou semear”, afirma o empresário de Leal, José de Sá.

Um fã chegou a levar uma bandeira do time Portuguesa, e a entregou para o filho de Leal, Rodrigo, falando com orgulho que o cantor era torcedor, e escreveu um hino para o time. A causa da morte do cantor foi insuficiência hepato-renal em razão de um melanoma maligno (um câncer de pele), que evoluiu e atingiu o fígado. O velório segue até às 14h. Depois, o corpo vai ser levado para o Cemitério de Congonhas, onde vai ser enterrado às 15h.

Fonte: UOL | Foto: Divulgação