Família de Avicii lança fundação que vai atuar na prevenção de suicídio

Quase um ano depois da morte de Avicii, em abril, a família do músico anunciou o lançamento de uma fundação que vai atuar na prevenção do suicídio e no ativismo relacionado a distúrbios mentais como a depressão. Avicii, que tinha 28 anos, foi encontrado morto em Omã, país do Oriente Médio. Investigações ao redor de sua morte concluíram que o DJ provavelmente cometeu suicídio.

+ Algoritmo da Vida | Projeto busca sintomas de depressão nas redes sociais para a prevenção do suicídio

A fundação lançada pela família do músico leva seu nome de batismo, Tim Bergling. Além das questões de saúde mental, a organização “também vai agir nos campos de mudança climática, conservação da natureza e de espécies que correm risco de extinção”. “Tim queria fazer a diferença no mundo”, diz o comunicado oficial da família. “Começar esta fundação em seu nome é a nossa maneira de honrar sua memória e continuar agindo da forma como ele gostaria”.

Fonte: UOL