Espetáculo ‘Moinho Nômade’ é apresentado em Caxias

Moinho Nômade é o novo trabalho do Coro Juvenil do Moinho/UCS, que volta aos palcos com um espetáculo inédito, cantando histórias em diversos idiomas, cruzando fronteiras, expandindo limites e construindo novas sonoridades. A cantora moçambicana Lenna Bahule é a convidada especial para as duas apresentações de estreia do projeto. Bebendo de várias fontes, desde as nórdicas até as africanas, as músicas trazem arranjos vocais acappela ou acompanhados de banda, percussão corporal e, com bastante tempero brasileiro, uma mistura de todos esses ingredientes. O espetáculo é sábado (21) e domingo (22), às 20h, no Teatro Pedro Parenti, na Casa da Cultura (Rua Dr. Montaury, 1333 – Centro), em Caxias do Sul.

+ O Irlandês | Filme de Martin Scorsese é convidado de honra do Festival de Roma

Sinopse: Moinho Nômade é fuga e aterramento, chegada e partida, encontro e reencontro. É poder zarpar sem sair do lugar, posto que é moinho. Mas também desterritorializar fronteiras de pensamento, sem limitar o tamanho do passo, do pulo, do espírito, posto que é nômade. Moinho Nômade inventou-se na visita ao olhar do outro, da história outra, da vida outra. Constituiu-se no contraste com o diverso e com o avesso, no limiar da ciência e da intuição, das crenças e dos deslocamentos, tingindo sensações materializadas nos movimentos dos sons, cores e danças.

Show/Espetáculo Moinho Nômade
Quando: dias 21 e 22 de setembro, às 20h
Onde: Teatro Municipal Pedro Parenti (Rua Dr. Montaury, 1333 – Centro)
Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia entrada para estudantes e idosos)
Ingressos antecipados na bilheteria da Casa da Cultura de Caxias do Sul

Foto: Mauricio Concatto

Central de Conteúdo UCSfm