Ed Sheeran chega ao topo da Billboard pela 3ª vez na carreira

Ed Sheeran alcançou pela terceira vez o 1º lugar no topo da parada norte-americana Billboard. Desta vez, com o seu recente disco, No.6 Collaborations Project. O trabalho, que conta com a parceria de cantores como Justin Bieber,Travis Scotte Cardi B, chegou à primeira posição e bateu o recorde de venda na categoria de álbum pop feito por um artista masculino. O britânico já havia conquistado o topo da parada com os lançamentos dos discos ÷ (Divide), em 2017, e com o X (Multiply), em 2014. Após vender 173 mil unidades em uma semana e conquistar o primeiro lugar do ranking, esse resultado colocou Sheeran à frente dos números de Shawn Mendes com o álbum homônimo lançado em 2018.

+ Jogos Mortais | Reboot com Samuel L. Jackson ganha nova data de estreia

Além disso, o novo projeto, até o momento, é considerado o 7º melhor desempenho do ano, deixando para trás nomes como Billie Eilish, Jonas Brothers e BTS. Este gráfico de análise da Billboard 200 classifica os discos mais populares da semana nos Estados Unidos com base no consumo multimétrico, que inclui as vendas dos CD’s e de streaming. O cantor publicou no Instagram um agradecimento aos fãs e aos artistas que participaram do No.6 Collaborations Project. Toda a divulgação foi orgânica e promovida pelo próprio artista.

Me sinto incrivelmente privilegiado por ter a chance de lançar um projeto artístico diferente do padrão que estou acostumado, que teve zero divulgação e mesmo assim atingiu o primeiro lugar. Vocês são incríveis, muito obrigado por todo o apoio, e muito obrigado à cada artista que compartilhou o seu talento comigo para este projeto”, escreveu Sheeran.

Esse não é o primeiro recorde que o britânico está quebrando. Segundo uma análise feita pela Music Business Worldwide, o novo álbum foi reproduzido 46,5 milhões de vezes em 24 horas no Spotify, sendo ouvido por 1/3 dos usuários da plataforma de streaming. Com isso, esses números levam o cantor a ser o artista mais ouvido do mundo.

Fonte: Rolling Stone | Foto: Ben Birchall