David Byrne fala sobre reunião do Talking Heads

Uma das reuniões que é cogitada frequentemente é a do Talking Heads, influente grupo de rock alternativo que encerrou as atividades em 1991.

Em uma nova entrevista ao Creative Independent, David Byrne falou a respeito de um possível retorno e ponderou os prós e os contras, dando a entender que, quando coloca tudo na balança, prefere não seguir adiante com a ideia: “Uma reunião do Talking Heads poderia ser um sucesso incrível para uma geração específica, ou talvez para várias gerações. Eu ganharia muito dinheiro e receberia muita atenção. Provavelmente também representaria diversos passos para trás do ponto de vista de alguém que é entendido como uma pessoa que faz várias coisas diferentes. Por esse motivo, eu sinto que preciso sacrificar uma das coisas, seja o dinheiro ou o reconhecimento do nome, ou seja lá o que for, para que eu possa continuar fazendo o que eu quero. Em outras palavras, você não pode ter tudo que gostaria.”

Ainda segundo a NME, David Byrne deve estrear um musical sobre Joana d’Arc em Nova York.

O Talking Heads foi formado em 1975 em Nova York e participou de uma época de ouro para a cidade que produziu diversas bandas de rock alternativo, new wave e punk rock. Depois de encerrar as atividades em 1991, o grupo se reuniu rapidamente em 2002 para aceitar a inclusão no Hall da Fama do Rock And Roll. O último disco é Naked, de 1988.

Fonte: TMDQA!