Creedence Clearwater Revival | Show em Woodstock é lançado depois de 50 anos

Praticamente 50 anos depois de acontecido, finalmente o show que o Creedence Clearwater Revival fez em Woodstock ganhou lançamento oficial. A banda foi uma das principais atrações do clássico evento, mas, ainda hoje, muitos fãs provavelmente não sabiam disso, já que o quarteto não apareceu nem no documentário de 1970 sobre o festival e tampouco nas duas trilhas sonoras do filme. Apenas em 1994, quatro das onze músicas tocadas no show, que aconteceu já na madrugada de 18 de agosto de 1969, apareceram em um box-set comemorativo dos 25 anos dos “três dias de paz e amor”.

O concerto nunca havia sido lançado porque John Fogerty, o líder da banda, sempre considerou a performance deles abaixo do aceitável e se opôs em disponibilizá-lo para o público – o baterista Stu Cook, por sua vez, sempre disse que aquele havia sido um bom espetáculo e lamentava a ausência das performances no filme e nos discos sobre o evento.

+ Plano-sequência | Troféu Oscarito: Lázaro Ramos

Em pouco menos de uma hora, o grupo mostrou material dos três discos que tinham até então. Além de covers das quais eles se apropriaram, há também os grandes clássicos escritos por Fogerty, “Born On The Bayou”, “Bad Moon Rising”, “Green River” e “Proud Mary” e algumas escolhas mais inusitadas como “Bootleg” ou “Keep on Chooglin'”, em um disco que fãs de rock clássico certamente irão gostar muito.

 

Fonte: Vagalume