Corte americana suspende lançamento do novo EP de Prince


O lançamento do novo EP de Prince, que aconteceria nessa sexta-feira (21), foi suspenso, após abertura de processo da Paisley Park. A faixa título “Deliverance” e a página de pré-venda desapareceram do iTunes e do Apple Music, onde ambas já estavam disponíveis.

De acordo com o site TMZ, após o anuncio do lançamento de “Deliverance” – que sairia em caráter independente, assinado pelo produtor Ian Boxill – , os responsáveis pelo patrimônio de Prince e a Paisley Park entraram com uma ação conjunta contra Boxill, acusando-o de “tentar explorar uma ou mais canções para seu ganho pessoal, às custas do patrimônio de Prince”.

A ação ainda afirma que Boxill havia assinado um termo de confidencialidade com o cantor, que declarava que toda a música em que trabalhavam juntos “permaneceria como propriedade única e exclusiva de Prince”. Além disso, ele concordou que “não usaria as gravações de nenhuma maneira” e que “mediante solicitação, ele devolveria quaisquer dessas gravações a Prince imediatamente.”

A Paisley Park e os responsáveis pelo patrimônio do cantor consideram que o lançamento do EP “Deliverance” iria ferir seus interesses “permanentemente e irreparavelmente” e que “privaria Prince e seus herdeiros de escolher o que seria lançado para o público e quando.” Além da suspensão do lançamento de “Deliverance”, o processo ainda requer o retorno de “todas e quaisquer fitas master, cópias e reproduções”.

O lançamento do EP marcaria um ano da morte de Prince.

Fonte: Rockline