Tinder é hackeado para roubar planos da Força Aérea do Reino Unido

Uma trama digna de cinema resultou no roubo de informações sigilosas sobre o projeto de um caça F-35 Lightning II da Força Área Real (RAF), do Reino Unido. Uma oficial da RAF teve o perfil no Tinder hackeado por um espião que, passando-se por ela, conseguiu obter informações de outro oficial da aeronáutica britânica. A notícia foi dada pelo jornal The Daily Mail no início do mês e posteriormente confirmada por autoridades da RAF. Com o perfil da oficial em mãos, o espião definido como um Honeytrap (pessoas que seduzem suas vítimas para obter informações) tentou se aproximar de um colega da força aérea e pôde obter alguns detalhes sobre os novos caças.

Retiro onde os Beatles se hospedaram na Índia vira atração turística

Ainda não se sabe se houve participação de algum outro país na trama, mas as suspeitas recaem sobre China e Rússia, duas nações que poderiam ser prejudicadas pela nova frota de F-35.  O governo britânico gastou £ 9 bilhões (cerca de R$ 46 bilhões) na aquisição de 138 unidades da aeronave a fim de garantir a supremacia da RAF em relação às suas correspondentes de outros países. Apesar da gravidade do caso, a Força Aérea Real garantiu que o estrago foi pequeno.

Fonte: Tecmundo