Confira os vencedores do 53º Concurso Anual Literário de Caxias

Foram revelados os trabalhos vencedores do 53º Concurso Anual Literário de Caxias do Sul. O escritor Pippo Pezzini vai receber o título de melhor obra literária – Prêmio Vivita Cartier – por Mais Solitário que canceriano longe de casa. Ainda foram premiados outros oito autores nas categorias de contos, crônicas e poesias. Ao todo, o concurso recebeu 73 inscrições, sendo que 18 obras literárias concorriam ao Prêmio Vivita Cartier, já os outros 55 textos inéditos disputavam as demais categorias. Os textos premiados vão ser reunidos em uma publicação a ser lançada durante a 35ª Feira do Livro de Caxias do Sul. Além disso, os primeiros lugares nas categorias de contos, crônicas e poesias ganham um troféu e certificado. Já os segundos e terceiros lugares recebem medalha e certificado. Porém, na categoria de obra literária – Prêmio Vivita Cartier – apenas um autor, Pippo Pezzini, recebe o título, e tem direito a troféu, certificado e a quantia de R$ 8.073,60.

+ Rocketman | Irmão de Elton John critica cinebiografia

O concurso é tradicionalmente reconhecido por revelar talentos e dar visibilidade a escritores já estabelecidos. A cerimônia de premiação está prevista para esta quinta-feira (6), às 19h30, no Café da Velha (Casa da Cultura). A comissão examinadora do 53º Concurso Anual Literário deste ano foi composta pelos escritores e professores doutores Adriana Antunes, Caio Riter e Delcio Agliardi. Confira os vencedores:

Prêmio Vivita Cartier

Ganhador – Pippo Pezzini, com a obra “Mais Solitário que canceriano longe de casa

Categoria Contos
1º lugar – Pedro Guerra com “Aquela noite que eu já deveria ter esquecido mas continuo escrevendo sobre”; “Carta” e “Maria Rita”;
2º lugar – Juliano César Fantin com Uma flor na varanda”; Gritando Caladas” e “Rimas de Bilinho”;
3º lugar – Bruna Rother com “Lady Bowie”; “Por ventura” e “Á deriva”.

Categoria Crônica
1º lugar – Lara Guedes Klinger da Silva com “Dores crônicas”; Gozo de passagem” e Desbloqueio criativo”;
2º lugar – Valéria Rodrigues Pinto com “Perfume de festa”; Pré-ocupação” e “Não tenho tempo”;
3º lugar – Não houve premiação

Categoria Poesia
1º lugar – Ronaldo Bueno com “Prece pagã”; “Quem vai ouvir” e “Verbo intransitivo”;
2º lugar – Adriano Gomes da Silva com “Sedecim”; “Desfragmentação, intensidade” e “Claridade, metonímia”;
3º lugar – Eduardo Borile Júnior com “Lacuna”; Epitáfio” e “Cadáver”.

Foto: Paulo Pretz

Central de Conteúdo UCSfm