Cigarro ‘impediu’ amputação de dedos de Lemmy Kilmister, em 2013

Scott Ian fez uma revelação bem curiosa sobre o estado de saúde de Lemmy Kilmister (Motörhead) pouco antes da morte. Em uma nova entrevista, o guitarrista do Anthrax revelou que um cigarro impediu que o saudoso frontman perdesse alguns dedos dos pés. É isso mesmo! Segundo Ian, a diabetes fez com dedos do músico ficassem escuros, e ele ouviu de vários médicos que teria que amputá-los, chegando a marcar uma complicada cirurgia. A história segue assim:

Ele foi fazer a cirurgia e sentou nesta sala, fumando um cigarro, até que alguém disse, ‘Você não pode fumar aqui! Você está louco?’ E ele disse, ‘Bem, se eu vou perder a p#$%* do meu dedão, vou fumar essa p#$%* de cigarro.’ Eles disseram, ‘Você não pode fumar aqui.’ E ele disse, ‘Bem, então não ficarei aqui.’ E ele foi embora”, revelou Ian.

Reality nos moldes de ‘O Show de Truman’ está sendo produzido em Israel

Ao melhor estilo Lemmy, não é? Depois do incidente, o cara procurou um outro médico que o ajudou a não perder os membros.

Ele mudou a dieta e não teve que remover seus dedos. Então um cigarro, literalmente, o salvou de ter uma parte do corpo amputada. Foi aí que ele começou a beber refrigerante Diet ao invés de refrigerante normal, eu acho. O doutor literalmente disse, ‘Mude para a Coca Diet e você não vai perder seus dedos!’, contou o guitarrista do Anthrax.

Lemmy faleceu em dezembro de 2015 após diversas complicações de saúde (incluindo insuficiência cardíaca).

Fonte: TMDQA | Foto: Divulgação