Cibercrime usa WhatsApp para enviar golpe do álbum da Copa do Mundo

O WhatsApp está sendo usado por cibercriminosos como um novo canal de ataque. Uma nova campanha que promete o álbum de figurinhas da Copa do Mundo 2018 busca atingir o maior número de usuários do mensageiro e disseminar links maliciosos entre eles. Além do WhatsApp, o golpe também acontece via notificação em navegador. De acordo com a empresa de segurança da informação Kaspesky, a campanha maliciosa se vale de engenharia social para chegar até as vítimas. Ao clicar no link, uma mensagem ainda pede para a golpe ser compartilhado com outros contatos antes de uma segunda página ser aberta.

Festival Brasileiro de Música de Rua reúne 20 mil pessoas em Caxias do Sul

Na segunda página, após o clique no link, um questionário pede que a vítima insira dados pessoais como o número do telefone. A partir desse ponto, a pessoa que clicar pode acabar com número registrado em serviços pagos de SMS. Além disso, anúncios exibidos durante o processo dão um dinheiro extra aos criminosos durante o golpe. A Copa do Mundo ainda está trazendo mais promoções falsas envolvendo sorteios de viagens e ingressos para os jogos na Rússia.

Fonte: Tecmundo