Chernobyl | Turismo na cidade aumenta após sucesso da série

O sucesso de uma minissérie que examina o pior acidente nuclear da história, ocorrido em Chernobyl, fez aumentar o número de turistas que querem ver a usina e a cidade abandonada fantasmagórica. Uma agência de turismo de Chernobyl relatou um aumento de 40% nas reservas desde que a série da HBO estreou em maio com ótimas críticas. As excursões com guias em inglês normalmente custam cerca de US$ 100 por pessoa. Abril marcou o 33º ano do desastre em Chernobyl, na então soviética Ucrânia, causado por um teste de segurança mal-sucedido no quarto reator da usina atômica que lançou nuvens de material nuclear sobre boa parte da Europa.

+ Paul McCartney elogia versão indígena de ‘Blackbird’ criada por adolescente canadense

A minissérie da HBO retrata os efeitos da explosão, a enorme operação de limpeza e o inquérito subsequente. A área ao redor da usina preserva o clima de terra arrasada pós-apocalíptica, na qual cães vira-latas perambulam e a vegetação brota em edifícios sem janelas, esquecidos e repletos de lixo. Em Pripyat, cidade fantasma que já abrigou 50 mil pessoas, a maioria das quais trabalhava na usina, um parque de diversões conta com a carcaça enferrujada de um carrossel e de uma pista de carrinho de bate-bate e uma roda gigante que nunca chegou a funcionar – ela deveria ter sido inaugurada no feriado de 1º de maio.

Fonte: G1 | Foto: Valentyn Ogirenko