Canarinho Pistola é ‘preso’ na chegada do Brasil a Moscou

Canarinho, o carismático mascote da CBF que ganhou o apelido de ‘Pistola’ nas redes sociais pelo semblante bravo, passou por maus bocados na chegada da Seleção Brasileira a Moscou na tarde desta segunda-feira (25) e acabou sendo “preso” por seguranças do hotel onde a equipe vai ficar concentrada. O motivo da confusão se deu porque ele estava próximo de alguns torcedores, tocando instrumento, fazendo festa e agitando a torcida quando seguranças do hotel chegaram e o retiraram do local, pedindo para que não ficasse no caminho por onde os jogadores passariam. Enquanto dançava e agitava a galera sob os gritos de “Uh! É Canarinho!”, os seguranças do hotel proibiram a permanência do queridíssimo mascote no corredor de isolamento. Confira:

Mesmo fora do hotel, o Canarinho Pistola aproveitou para tirar selfie com os fãs e tocou surdo enquanto aguardava a chegada dos jogadores.:

O personagem, querido pelos internautas, foi liberado logo em seguida quando uma pessoa do staff da CBF explicou a situação aos funcionários do hotel.

Fonte: IstoÉ