Bono se desculpa após maltratar funcionária de instituição de caridade

Bono, vocalista do U2, resolveu se desculpar após uma mulher reclamar do comportamento abusivo dele junto aos funcionários da instituição de caridade ONE Charity, criada por ele para combater a pobreza. O periódico Mail on Sunday teria publicado uma queixa de uma mulher que diz que sofreu bullying e ficou em depressão graças ao comportamento intimidador do cantor. Em resposta, Bono pediu desculpas.

Eu odeio bullying, não posso suportar isso”, disse o cantor em uma publicação divulgada pelo Digital Spy.

Titãs vão estrear ópera rock sobre violência contra mulher

Bono ainda voltou a afirmar que criou a ONE para ajudar a combater a pobreza e quer criar um ambiente bom para todos. A organização que luta contra a pobreza e trabalha na prevenção de doenças, com sede em Washington, inclui na diretoria o ex-premier britânico David Cameron, a diretora do Facebook Sheryl Sandberg e o magnata africano das telecomunicações Mo Ibrahim.

Fonte: Observatório do Cinema