Biquini Cavadão faz 35 anos com coletânea e álbum com músicas de Herbert Vianna

Grande sucesso nos anos 2000, quando o CD ainda era o formato dominante no mercado fonográfico do Brasil, a série de coletâneas Perfil vai ser retomada em agosto com a edição de título dedicado ao repertório da banda carioca Biquini Cavadão. Grupo que vem resistindo ao tempo com coerência, o Biquini Cavadão começou associado aos hits de temática adolescente, mas, a cada disco, foi construindo identidade mais adulta, sobretudo a partir do marcante álbum Descivilização (1991).

Trailer feito por fãs imagina Joaquin Phoenix como Coringa

Formado em 1983 na cidade do Rio de Janeiro (RJ), o grupo completa 35 anos de vida em plena atividade – gravando álbum com o cancioneiro autoral do “padrinho” Herbert Vianna e cumprindo agenda de shows pelo Brasil – enquanto permanece injustamente subestimado como banda da segunda divisão do campeonato (de hits, vendas e egos) que agitou a cena de pop rock nacional no Brasil na década de 1980. Para quem não acompanhou o início dessa história, a coletânea dedicada ao Biquini Cavadão na série Perfil dá boa amostra da trajetória do grupo, cobrindo período que vai de 1985 a 2017. A seleção de repertório abrange do seminal hit radiofônico Tédio (1985) até o repertório do último álbum da banda, As voltas que o mundo dá (2017), lançado em fevereiro do ano passado.

Fonte: G1